Microsoft pode acabar com o Painel de Controle no Windows 10

news

A Microsoft parece estar se divertindo ao ver os usuários com dificuldade para encontrar os recursos do Windows 10. Depois de mexer com o recurso Novo Início (Fresh Start) na versão 2004, e reduzir o número de dias em que os usuários do Windows 10 Pro, Enterprise e Education podiam atrasar manualmente as atualizações, a empresa está agora experimentando mover as principais características do Painel de Controle, incluindo informações do Sistema, para o menu de Configurações. É uma mudança que usuários de longa data do sistema podem demorar para se acostumar.

Para ser justa, é um pouco redundante ter informações sobre as especificações de seu sistema localizadas em três lugares diferentes, sem mencionar que as três não mostram exatamente as mesmas informações. Atualmente, os usuários do Windows 10 podem acessar informações de hardware sobre seu PC em vários lugares, mas as principais maneiras são: Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema; ou Configurações > Sistema > Sobre; ou digitando ‘informação do sistema’ na barra de busca.

Os dois primeiros caminhos mostram praticamente as mesmas informações: qual processador você tem e quanta memória RAM está instalada, por exemplo – a diferença é que no menu acessado a partir das Configurações mostra qual versão do Windows você está rodando.

Já o painel de Informações do Sistema mostra mais detalhes sobre seu PC, incluindo sua placa-mãe, GPU, e outros hardwares. A Microsoft está tentando centralizar estas informações e parece provável que o Painel de Controle seja totalmente eliminado, conforme mostrou o pessoal do Windows Latest.

Esse é apenas um dos recursos do Windows 10 que foram alterados na última atualização do Windows Insider, com a Build 20161.

“Continuamos trabalhando para trazer as capacidades do Painel de Controle para as Configurações”, disse a empresa em um blog post anunciando a atualização.

Diga adeus ao Painel de Controle. Foram bons 35 anos. Captura de tela: Joanna Nelius/Gizmodo

A centralização de informações é algo que acontece desde o Windows 8, quando a Microsoft introduziu o aplicativo Configurações. Na época, a companhia queria unificar um sistema operacional para smartphones com a solução para tablets e computadores – mas subestimaram a reação dos usuários com essa mudança. O Windows 10 ainda tem alguns desses recursos do Windows 8, incluindo os widgets no Menu Iniciar.

Se a Microsoft quiser futuramente acabar de vez com o Painel de Controle, precisará fazer um trabalho melhor na comunicação das mudanças aos usuários do Windows 10, sejam eles Windows Insiders ou não.

No entanto, há muitas opções de software de terceiros disponíveis que mostram as especificações de hardware – e muito mais – se você quiser abandonar as ferramentas da Microsoft.

O CPU-Z (é grátis) dá informações completas e medição em tempo real da frequência interna de cada núcleo do seu processador, entre outras coisas. O Speccy é outra boa ferramenta de informação gratuita do sistema.

関連記事

関連コンテンツ

最新ニュース20件