Trump ameaça banir TikTok em breve; Microsoft planeja comprar rede

news

A pressão política dos Estados Unidos sobre o TikTok deve acelerar as decisões sobre o futuro da rede social, que pode ser comprada pela Microsoft.

Reportagens da Bloomberg e do New York Times apontam que a administração de Trump planeja dar uma ordem para que a ByteDance, empresa chinesa dona do TikTok, venda sua participação na rede.

De acordo com a empresa de pesquisa de mercado PitchBook, o TikTok está avaliado em US$ 100 bilhões. Um repórter da Fox Business afirmou que a Microsoft estaria negociando a compra e que a Casa Branca estaria preocupada com a possibilidade de a ByteDance manter quaisquer porções da divisão americana do negócio.

Os Estados Unidos alegam que o controle do TikTok pela ByteDance pode representar um risco à segurança nacional, temendo que dados de usuários americanos possam ser compartilhados com o governo chinês. O TikTok nega que tenha ligações com a China e afirma estar “comprometida com a proteção da privacidade e segurança”.

A ByteDance comprou o Musical.ly em 2017 e realizou uma fusão com o TikTok, criando um dos aplicativos mais populares do mundo. Para se afastar da ligação com a China, o app criou escritórios nos EUA e contratou um americano para o cargo de CEO: Kevin Mayer, ex-executivo da Walt Disney.

Por se tratar de uma aquisição de uma empresa americana por companhias estrangeiras, o negócio passa pelo escrutínio do Comitê de Investimentos Estrangeiros dos EUA.

De acordo com o NYT, o comitê decidiu ordenar à ByteDance que retire seus investimentos do TikTok e que o governo americano está envolvido nas negociações dos termos dessa separação.

Falando com repórteres nesta sexta-feira (31), Trump disse que planejava tomar decisões sobre o TikTok já neste sábado e que há “algumas opções”, incluindo “banir [o app]”.

O TikTok tem discutido alguns cenários para continuar operando nos Estados Unidos, um dos seus principais mercados. Entre os cenários possíveis seria a venda da maior parte das ações da ByteDance para outros acionistas como Sequoia Capital, SoftBank e General Atlantic, deixando a empresa chinesa com uma porcentagem menor da companhia.

A BBC relata que a ByteDance tem conversado com o governo o Reino Unido para mudar a sua sede para Londres. Além disso, depois que o Congresso dos EUA votou proibir a instalação do TikTok em aparelhos do governo, a companhia anunciou que planejava criar 100.000 empregos na economia americana.

Recentemente, a Índia baniu o TikTok e outras dezenas de aplicativos. O TikTok é um dos aplicativos mais populares do mundo, com cerca de 800 milhões de usuários e não pode ser baixado na China continental.

関連記事

関連コンテンツ

最新ニュース20件