Benefícios psicológicos de microdosagens de LSD podem ser apenas placebo

news

Durante muitos anos, experimentos realizados com LSD e outras drogas psicodélicas sugeriram que, quando administradas em microdoses, essas substâncias podem trazer benefícios psicológicos para pacientes que sofrem de algum transtorno mental. Agora, um estudo da Imperial College London, no Reino Unido, diz que isso pode estar mais associado a um efeito placebo do que ao tratamento em si.

Para realizar os testes, os pesquisadores recrutaram 191 voluntários que já haviam recebido microdosagens de psicodélicos. Os participantes ingeriram as cápsulas durante quatro semanas, sem saber se estavam tomando, de fato, LSD ou apenas um placebo. Nesse período, eles também preencheram questionários sobre o que estavam sentindo e realizaram testes cognitivos online.

Os voluntários que ingeriram as microdoses de LSD apresentaram melhoras no bem-estar, foco e satisfação com a vida. O que chamou a atenção é que os mesmos resultados foram observados também no grupo placebo, com diferenças pequenas em alguns efeitos psicológicos e que teriam pouco valor clínico.

Uma ressalva feita pelos pesquisadores é que os participantes ficaram responsáveis por ingerir as cápsulas por conta própria em casa, o que pode ter impactado em um resultado menos rigoroso quando comparado a um teste clínico convencional e realizado em laboratório.

Ainda assim os autores do estudo acreditam que esse é mais um exemplo de como os benefícios de algumas substâncias não estão necessariamente relacionados a ações farmacológicas, mas à expectativa das pessoas, o que pode desencadear diversos efeitos psicológicos e, por sua vez, alterar a experiência com um medicamento.

関連記事

関連コンテンツ

最新ニュース20件